QpQ Resenha | Sob o Mesmo Céu

Se você está procurando um filme para o dia dos namorados, "Sob o Mesmo Céu" pode resolver - ou não

Você deve ter lido alguma coisa sobre a polêmica em torno do papel de 1/4 havaiana, 1/4 asiática de Emma Stone no filme Sob o Mesmo Céu, não é mesmo ( Não? Veja aqui!). Pois olhe, se esta fosse a única questão do filme, a gente perdoava. Mas o buraco aqui é um pouquinho mais embaixo.

01SoboMesmoCeu

Apesar de elenco estelar, o filme Sob o Mesmo Céu não conseguiu se encontrar. A história segue Brian Gilcrest (Bradley Cooper), um ex-militar que volta ao Havaí para supervisionar o lançamento de um satélite e conhece Allison Ng (Emma Stone), e reencontra uma ex-namorada (Rachel McAdams). E enquanto Brian tenta botar o satélite em órbita (que já é uma complicação danada), ele tenta resolver sua vida amorosa. Claro que se a história fosse apenas essa, simples assim, até que o filme podia funcionar. Mas ele tenta abocanhar diversos temas ao mesmo tempo, e acaba por tratar tudo muito superficialmente (e até exagerar sem necessidade em outras coisas), e até esquecer de fechar a história de certos personagens. Nem Bill Murray conseguiu salvar o filme, ahhhhhh

02SoboMesmoCeu

Por exemplo, a questão da cultura havaiana é bastante trabalhada no filme, em sequências que são muito bonitas. Mas o assunto principal, da preocupação dos havaianos de colocar algo no céu (que é sagrado para eles) que venha a prejudicar a comunidade não encontra um fechamento digno no filme. Mas um outro assunto (não quero dar spoiler aqui, então vou dar só as pistas) é fechado de maneira forçada no final (a cena ficou horrorosa!).

03SoboMesmoCeu

Apesar dos pesares de roteiro e edição (claro que vamos jogar um pouco da culpa pro diretor, pois ninguém aqui trabalha sem ele), dá pra curtir um clima de romance no filme (apesar do personagem de Rachel McAdams chegar a dar raiva), e pode ser uma boa pedida para o dia dos namorados. Ah, e a trilha sonora, com músicas tradicionais havaianas, tá ótima!( Ouça aqui!)

Nota:

Please follow and like us:
Sobre Melissa Correa
Cinema sempre foi minha maior paixão, sempre fez parte de quem eu sou. Quando criança, eu levantava pra ver filmes de terror de madrugada, escondida. Ficava até três da matina (bendito fuso horário de Los Angeles!!) pra acompanhar o Oscar. E salvava cada centavinho pra ver os filmes no cinema. Hoje também curto viajar, beber café e ler, mas o cinema continua em primeiro lugar na minha vida.