QpQ Resenha | Snoopy & Charlie Brown – Peanuts, O Filme

"Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, O Filme" — O melhor amigo do homem é também o mais divertido

Snoopy é um beagle destemido, imaginativo e determinado. Ele cria em sua mente as mais audaciosas aventuras e é o extremo oposto do seu dono, Charlie Brown, um garotinho amável e carismático, que se considera um fracasso. Charlie, também conhecido como Minduim, não consegue sequer empinar uma pipa!

01SnoopyeCharlieBrown

Charles M. Schulz criou a turma do Charlie Brown em 1950 para ilustrar tirinhas diárias, publicadas originalmente em nove jornais americanos, mas em mais de 1.000 ao redor do mundo. A turma composta por vários personagens, dentre eles os emblemáticos Linus, Lucy, Schroeder, Patty Pimentinha, Marcie e Chiqueirinho, figurou em histórias inéditas por cinco décadas, até que seu criador não pode mais desenhá-las, devido ao Mal de Parkinson (Leia a resenha da Melissa sobre a biografia do autor: aqui).

02SnoopyeCharlieBrown

A história do filme é inocente, e até singela: Charlie Brown se apaixona pela Garotinha Ruiva, recém chegada à sua vizinhança, e vê nisso uma oportunidade de começar do zero. Basta fazer algo extraordinário para conquistar o coração dela! O destino dá uma ajudinha e Charlie passa a ser a celebridade da escola. Enquanto isso, Snoopy, em sua imaginação, enfrenta seu arquiinimigo, o Barão Vermelho, pilotando sua casinha pelos céus da Europa durante a Segunda Guerra. Assim como Charlie, ele é motivado pela paixão a superar os seus limites.

03SnoopyeCharlieBrown

Steve Martino, que também dirigiu A Era do Gelo 4 e Horton e o Mundo dos Quem!, adapta as tirinhas, tradicionalmente em preto e branco, para a tela do cinema com uma paleta de cores impressionante, amplamente enriquecida com os emprego dos efeitos 3D.

04SnoopyeCharlieBrown

O enredo de Snoopy & Charlie Brown РPeanuts, O Filme ̩ ritmado e apresenta piadas sutis, que mant̩m um sorriso no rosto dos espectadores, sejam eles adultos ou crian̤as, durante os 93 minutos de proje̤̣o.

O filme faz jus à obra de Schulz — um legado que mostra que a amizade e a lealdade entre um homem e seu cão transcende a imaginação, o papel e até a morte do seu criador.

Nota:

Please follow and like us:
Sobre Atilio Comper Neto
Publicitário apaixonado por filmes, música e games. Evolução pokémon de um nerd, só troca uma sessão de cinema pra passear com sua cadela no parque. Sempre que pode dá uma escapadinha para Nova Iorque, onde gosta de caminhar a esmo.