QpQ Resenha MyFFF 2016 | Curtas Lost Generation

O curtas "Geração Perdida", do MyFFF 2016, retaram a desilusão de indivíduos para com a sociedade

Três curtas integram a mostra “Geração Perdida”, do My French Film Festival 2016, um tema que retrata a desilusão de indivíduos para com a sociedade, e consequentemente, seu desajuste ao modelo social predominante: trabalhador, contribuinte e honesto.


OAndarilho

O ANDARILHO
(Errance, 21 min)

Djé interage com a sociedade de uma forma particular: obtêm dela o que lhe convêm, sem atentar às regras morais, normas ou leis que mantêm as interações cotidianas saudáveis. Ele perambula por Paris flertando com mulheres, bebendo em bares, e dormindo nas ruas. Sempre à espreita de uma oportunidade para lhe proporcionar alguma satisfação numa vida vazia.

A tensão em relação ao próximo movimento de Djé é conferida pelos enquadramentos da câmera e pelos silêncios no roteiro. Acompanhamos ansiosos pelo desfecho da trama, já conscientes que não há amarras aos atos do personagem.


TenteMorrerJovem

TENTE MORRER JOVEM
(Essaie de mourir jeune, 20 min)

É aniversário de Vincent e Hervé decide celebrar a noite com ele. Porém Hervé tem um jeito complicado de entreter o filho: ele é encrenqueiro, pilantra e irresponsável. A paciência de Vincent se esgota quando uma mulher atravessa o caminho dos dois.

Acompanhamos a angústia e o isolamento do filho a quem falta um modelo de pai. O personagem de Hervé expressa o descompromisso daqueles que não contribuem, apenas orbitam nas margens da sociedade.


AVidaeUmaMerda

A VIDA É UMA MERDA
(Toutes des connes, 6 min)

O que experenciamos ao término de um relacionamento? Muitas possibilidades são demonstradas nos 5 minutos que constituem este curta, que demonstra que paixão e desapontamento podem constituir um ciclo tragicômico na vida de um jovem frustrado.

Uma narrativa muda e frenética em uma sequencia de takes, cujo silêncio é quebrado apenas na última cena, para entregar uma nova carga de frustração, até então ainda não retratada.

Please follow and like us:
Sobre Atilio Comper Neto
Publicitário apaixonado por filmes, música e games. Evolução pokémon de um nerd, só troca uma sessão de cinema pra passear com sua cadela no parque. Sempre que pode dá uma escapadinha para Nova Iorque, onde gosta de caminhar a esmo.