QpQ Resenha | De Amor e Trevas

Natalie Portman mostra sua versatilidade artística atuando, roteirizando e dirigindo o drama biográfico “De Amor e Trevas”

Natalie Portman estreia como diretora com De Amor e Trevas. Seu nome atrai holofotes para a obra, mas igualmente relevante é o nome de Amos Oz, personagem biográfico e autor do livro homônimo no qual o filme se baseia.

01DeAmoreTrevas

Além de dirigir a adaptação, Portman assina o roteiro e estrela o filme, atuando como a mãe do jovem Amos, um rapaz inocente, de bom coração, que admira o espírito livre de sua mãe. Fania (Portman) sonhava casar-se com algum jovem e vigoroso revolucionário, mas abandona sua alegre vila ao casar-se com Arieh, um aspirante escritor, e fixa residência em Jerusalém. A melancólica cidade, que sangra com as disputas entre israelenses e palestinos, vai constantemente murchando seu ânimo. A mãe, ora afetuosa, sempre disposta a contar parábolas para entreter e educar seu filho, vai afundando-se em depressão. Amos assiste a essa derrocada, com sua admiração inabalada pela figura materna.

03DeAmoreTrevas

Portman, que desde seus treze anos demonstra seu talento e capacidade de atuação, apresenta uma perspectiva interessante sobre uma história densa. Fiquei intrigado pelo primeiro terço do filme, em especial pela abertura, por sua abordagem poética e ritmo sem pressa. Entretanto, em alguns momentos, a estrutura narrativa parece adoecer do mesmo problema que aflige Fania, o que talvez ilustre uma perspectiva mais consistente para Natalie como diretora do que roteirista. Como atriz, a beldade continua seduzindo e encantando a audiência.

04DeAmoreTrevas

De origem israelense, Natalie é fluente em hebreu e não surpreende com o tema de seu debut na direção, mas amplia sua projeção artística assumindo também papéis do outro lado da câmera.

05DeAmoreTrevas

Em tempo: a última cena interpretada por Natalie é bela e poética, e cheia de significados!

Nota:

Please follow and like us:
Sobre Atilio Comper Neto
Publicitário apaixonado por filmes, música e games. Evolução pokémon de um nerd, só troca uma sessão de cinema pra passear com sua cadela no parque. Sempre que pode dá uma escapadinha para Nova Iorque, onde gosta de caminhar a esmo.