QpQ Resenha | Curtas de Animação dos Irmãos Wagner

Uma das surpresas do Olhar de Cinema foi trazer alguns curtas de animação dos paranaenses Irmãos Wagner

Outra das surpresas do festival Olhar de Cinema foi poder revisitar a obra dos Irmãos Wagner (Elizabeth, Helmuth Jr., Ingrid e Rosane), artistas paranaenses conhecidos por suas animações, realizadas em diversas técnicas, incluindo colagem, pintura, fantoches, sempre com muita inventividade e temas pertinentes.

01

Depois de passarem por um processo de restauração, foram apresentados ao público do festival os seguintes curtas de animação: Ensaios, Metamorfose, O Último Bloco, Foi Pena Q…, A Cidade dos Executivos, Pudim de Morango, Respeitável Público e A Flor. Foi muito interessante vê-los em sequência, pois dá pra notar a evolução do trabalho do grupo, indo de simples experimentações até animações mais elaboradas, com roteiros com temas bem políticos, como Pudim de Morango e Respeitável Público. A Flor, que é bem diferente das demais animações por conter fantoches e live-action, fala da natureza e sua dificuldade de adaptação à nova realidade, em meio à selva de pedra. E o meu preferido foi A Cidade dos Executivos, que fala do dia a dia nas grandes cidades, com pessoas presas à realidade das multidões, da correria sem sentido, e então um desses “executivos”, de cara quadrada, vislumbra uma outra terra, com pessoas de rostos redondos e felizes. Como a maioria dos curtas foi realizado nas décadas de 1970 e 1980, dá pra ver que as coisas não mudaram muito.

Nota:

Varilux

Please follow and like us:
Sobre Melissa Correa
Cinema sempre foi minha maior paixão, sempre fez parte de quem eu sou. Quando criança, eu levantava pra ver filmes de terror de madrugada, escondida. Ficava até três da matina (bendito fuso horário de Los Angeles!!) pra acompanhar o Oscar. E salvava cada centavinho pra ver os filmes no cinema. Hoje também curto viajar, beber café e ler, mas o cinema continua em primeiro lugar na minha vida.