QpQ Resenha | A Incrível Jornada de Jacqueline

"A Incrível Jornada de Jacqueline" é um filme leve, divertido e apaixonante sobre um homem e sua vaca atravessando a França para realizar um sonho

Histórias sobre pessoas e seus adorados animaizinhos de estimação são comuns no cinema. Mas normalmente temos histórias de cães, ou gatos, de vez em quando um porquinho ou um cavalo. E que tal uma vaca? Bom, se é pra ser original, A Incrível Jornada de Jacqueline supera todas as expectativas, com Fatah (Fatsah Bouyahmed), um humilde fazendeiro argelino, e sua vaca, Jacqueline, atravessando a França para chegar a Paris.

01

Mas por que cargas d’água Fatah arrasta sua vaca numa aventura dessas? Bom, este sempre foi o sonho desse simpático senhor: levar sua maravilhosa Jacqueline para participar da Feira de Agricultura de Paris. E ele fica muito feliz quando recebe um convite da organização do evento, apesar de ter que bancar toda a viagem. Mas aí o vilarejo se reúne e decide bancar a aventura, pelo menos a travessia da Argélia para a França. E em Marselha, ele simplesmente decide caminhar, tranquilamente, até Paris.

02

Sim, você leu direitinho, caminhar. São 750 km, ou seja, uma semana caminhando sem parar. Mas Fatah não se importou, e debaixo de chuva, sol e outros imprevistos ele foi. E enquanto caminhava com Jacqueline ele conheceu diversas pessoas que o ajudaram, outras que o atrapalharam um pouco, mas todas que ficaram extremamente tocadas pela aventura.

03

Não dá pra levar o filme muito a sério para poder curtir a experiência. Seus personagens chegam a ser um pouco bobos, mas se for parar pra pensar, quem em sã consciência ia andar com uma vaca toda essa distância? E se você se deixa levar pela aventura de Fatah, que é generoso, bem-humorado, um homem devotado à sua família e religião, mas que está disposto a tudo para realizar seu sonho, você vai curtir o filme. Ele é leve, divertido, emocionante, com cenários maravilhosos do interior da França, música boa e tudo que um filme pra família toda precisa ter.

Nota:

Please follow and like us:
Sobre Melissa Correa
Cinema sempre foi minha maior paixão, sempre fez parte de quem eu sou. Quando criança, eu levantava pra ver filmes de terror de madrugada, escondida. Ficava até três da matina (bendito fuso horário de Los Angeles!!) pra acompanhar o Oscar. E salvava cada centavinho pra ver os filmes no cinema. Hoje também curto viajar, beber café e ler, mas o cinema continua em primeiro lugar na minha vida.