QpQ Resenha | Nunca Me Sonharam

“Nunca Me Sonharam” mostra um diálogo com os jovens das escolas públicas do ensino médio

Se você teve a oportunidade de cursar a escola pública certamente vai se sentir representado no documentário do diretor Cacau Rhoden (Tarja Branca – A Revolução que Faltava).

O documentário vai além da visão dos problemas reais de como chegar à algum futuro, tendo sido usuário do sistema público de ensino. Ele leva em consideração a visão do indivíduo. Mesmo abrindo as falas para várias regiões do país, o discurso é individual, mas o objetivo é o todo. Mesclando pensamentos do Espírito Santo com o Piauí, do Rio Grande do Sul com o Pará, e entendendo o que é o ambiente escolar para os jovens de todo o país.

Nunca Me Sonharam é um documentário de diálogos de jovens do ensino médio das escolas do ensino público, contando a sua real visão do ambiente escolar e o que isso afeta no presente e pode representar para seu futuro. Conta ainda com a participação de especialistas dá área, familiares e educadores.

Os jovens e adolescentes relatam desde de situações de relações humanas e sua visão do sistema de ensino além de suas relações com o ambiente escolar, mesclando com isso todas as dificuldades da fase de maior mudança na vida.

O estudante da escola pública sabe que não basta estar em dúvida com sua carreira profissional, pois ele já sabe que muitas vezes não terá a oportunidade de escolher e será simplesmente empurrado e engolido pelo sistema. Sabe também que mesmo lutando muito e estudando mais, os seus obstáculos são muito maiores, pois está em um país onde as diferenças de classe, cor e região afetam diretamente o seu futuro.

O ponto alto do documentário é ouvir os estudantes falando abertamente do que realmente sonham, e perceber que a maioria se entende como protagonista na vida e quer fazer mudanças. São pensamentos críticos de quem não quer repetir o que aconteceu com seus pais. São jovens de discurso firme e engajado, e muitos demonstram posicionamento de liderança sabendo o real papel que desejam conquistar na sociedade. Não são falas sobre o “que quero ser no futuro”, mas uma real dinâmica do dia a dia e como cada atitude reflete no todo.

Nota:

Please follow and like us:
  • Pedro Hde

    lixxxxoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo