Levando muito tempo? Feche a página de carregamento.

Resenha │ Agent Carter – 2ª Temporada

02.03.2016 │ 19:05

Agent Carter é uma daquelas séries superlegais que poucas pessoas viram. Pelo menos a primeira temporada foi realmente de uma qualidade inesperada e muito divertida. Com isso, a segunda e aguardada temporada já chegou na promessa de muito glamour, ação e avanços para as tramas do universo compartilhado da Marvel, e muito disso aconteceu, só que a história ficou um pouco amarrada demais em detalhes desinteressantes.
25
Em compactos 10 episódios, Peggy Carter (Hayley Atwell) ainda precisa lidar com o seu papel como mulher numa sociedade machista que subestima o valor e a eficiência de suas ações, mascarando qualquer vitória. Numa dessas, ela é enviada para Los Angeles, onde enfrentará um novo caso misterioso, que de início não parece ser nada de importante. Voltam também Howard Stark (Dominic Cooper) e o parceiro da agente, Sr. Jarvis (James D´arcy) que continuam muito bem a dinâmica da primeira temporada.
1200
A ameaça da vez é a matéria zero, uma substância de característica mística que pode aniquilar tudo. Até aí tudo bem, essa ligação com o universo do mago Stephen Strange, novo herói das telonas que vai surgir em breve no filme Doutor Estranho, tinha potencial para ser algo novo para a série, mas dá a impressão que não foi usada dessa forma, e fica tudo muito monótono quanto às descobertas e reações da matéria zero. Junto desse poder, entra a vilã dos quadrinhos, Whitney Frost (Wynn Everett) ou Madame Máscara, que fica possuída pelo poder inesperado dessa força negra e não faz jus as origens da personagem das HQs. Inclusive, uma referência bacana da série, foi ao personagem Kid Colt, um cowboy criado para as páginas da Marvel lá em 1948.
Agent-Carter-Season-2-Dottie-Underwood
De início, a série é empolgante e dá uma sensação de glamour dos anos 50 que não vemos com tanta frequência, alinhando estilo e ação, mas sem exageros. A vida pessoal de Peggy ainda aparece, ainda que pouco, em meio ao sufoco das missões que surgem pelos episódios, e tenta amarrar alguns nós deixados soltos, como a relação dela com Daniel Sousa (Enver Gjokaj) e também sua eterna rixa com a agente russa, Dottie Underwood (Bridget Regan).
ZXiLNMz
Peggy Carter se tornou uma personagem muito querida do público, e sua trajetória tinha um potencial promissor, mas a história em si não conseguiu acompanhar o empenho de uma produção impecável, que está de encher os olhos em detalhes de época, cores, figurino e iluminação. Foi o clima perfeito para a série errada talvez, que poderia ter focado mais na parte urbana e nas black opps. De qualquer forma, Agent Carter tem seu valor conquistado, tanto na TV quanto no cinema, em suas diversas participações que são também responsáveis por ligar o universo da Marvel.
Nota:

[wpdevart_youtube]BK54WHRPy74[/wpdevart_youtube]

Agent Carter – 2ª Temporada

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro