O Pequeno Prí­ncipe

20.08.2015 │ 16:02

20.08.2015 │ 16:02

Desde a publicação de O Pequeno Príncipe, clássico de Antoine de Saint-Exupéry, em 1943, o título é um clássico infantil em todo o mundo.

A história já teve algumas outras adaptações, sendo a versão musical de 1974, de Stanley Donen, a mais conhecida, mas não a mais satisfatória. Até aqui! Esta nova adaptação propõe uma nova roupagem para a trama, com maestria e emociona os adultos que se lembram vividamente dos personagens retratados na tela.

01OPequenoPrincipe
Feito com dinheiro francês e produzida por animadores canadenses. A adaptação é visualmente gloriosa. Desde o uso das famosas aquarelas do autor, presentes na obra original, até a animação da história contida no conto.

No filme, uma garota acaba de se mudar com a mãe, uma controladora obsessiva que deseja definir antecipadamente todos os passos da filha para que ela seja aprovada em uma escola conceituada. Entretanto, um acidente provocado por seu vizinho faz com que a hélice de um avião abra um enorme buraco em sua casa. Curiosa em saber como o objeto parou ali, ela decide investigar. Logo conhece e se torna amiga de seu novo vizinho, um senhor que lhe conta a história de um pequeno príncipe que vive em um asteróide com sua rosa e, um dia, encontrou um aviador perdido no deserto em plena Terra.

02OPequenoPrincipe
A forma como Mark Osborne, diretor de Kung Fu Panda, alinhava a história da garota com a do Pequeno Príncipe é linda e te faz acreditar na magia de Saint-Exupéry mais uma vez.

Plasticamente a animação é impecável. Não há momentos levianos na trama e embora ela se distancie em parte do conto original ela o faz para adaptar melhor o material para a mídia cinematográfica.

03OPequenoPrincipe
Através dos olhos dessa pequena garota, que acredita na história do Pequeno Príncipe, você irá querer se lembrar da sua infância, e voltar a acreditar nas infinitas possibilidades do mundo da criatividade sem preconceitos. Ser uma eterna criança e se emocionar mais uma vez com essa linda história.

Nota:

[wpdevart_youtube]HAujvZ51vgk[/wpdevart_youtube]

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro