A Música Nunca Parou │ Resenhas: Quadro por Quadro

A Música Nunca Parou

26.12.2013 │ 08:44

26.12.2013 │ 08:44

Ah, os filmes de redenção são maravilhosos, ainda mais nesta época do ano! Eles te ajudam a refletir sobre sua própria vida, reavaliar o que fez no ano que passou e o que pode mudar no próximo ano. Então se você curte este tipo de filme, assim como eu, corre pro cinema assistir a “A Música Nunca Parou” (“The Music Never Stopped”). Vale a pena cada minutinho.
A história gira em torno de um tema clichê, mas que nós adoramos: um pai, Henry Sawyer (J. K. Simmons) tem uma segunda chance de se entender com o filho, Gabriel Sawyer (Lou Taylor Pucci), que não vê há mais de 20 anos. Mas as circunstâncias são diferentes: Gabriel teve um tumor, foi operado, e não consegue mais armazenar memórias recentes, mas acessa as antigas quando ouve músicas às quais estas lembranças pertencem. E onde entra o pai? Ele vai a uma jornada para descobrir quem o filho realmente foi, seus desejos, aspirações e lembranças através das bandas e músicas favoritas do filho.
Pontos incrivelmente positivos: o roteiro é simples e fácil de seguir, com cenas do passado e do presente se intercalando em uma sequência bem linear. A trilha sonora é sensacional, e fãs de Bob Dylan e Grateful Dead vão gostar muito das músicas do filme, que ainda conta com muitos outros clássicos – e não tão clássicos – dos anos 50 e 60. Além disso, as atuações estão até certo ponto convincentes. Se eles pecam pelo exagero, às vezes, é culpa do roteiro.

Você também pode gostar…

  • Leia mais
    Michelle e Obama
    08.12.2016
  • Leia mais
    Narcos - 2ª Temporada
    04.09.2016
  • Leia mais
    Transformers - A Vingança dos Derrotados
    23.06.2009
Quadro por Quadro