Resenha │ A Vida Secreta das Abelhas

27.08.2009 │ 09:21

Sabe aquele filme que não gera expectativa alguma e talvez por isso o surpreenda? Foi assim com “A Vida Secreta das Abelhas”, produção americana que chega aos cinemas curitibanos atrasada em relação aos cinemas nacionais.
Pode até ser que o filme se mostre esquecível com o tempo, mas enquanto a projeção dura, ele o prende, e o faz cheio de sutilezas e belas interpretações.
Na trama, acompanhamos Lily Owens, uma adolescente de 14 anos que, nos anos 60, foge de casa com a governanta e amiga Rosaleen. Ambas fogem, para deixar para trás a dura criação do pai da menina e da opressão contra Rosaleen, negra em meio a uma sociedade preconceituosa da época.
O plano de Lily é ir para uma cidadezinha descobrir algo sobre o passado de sua mãe. No caminho, encontram três irmãs criadoras de abelhas que as conduzem por uma jornada inesquecível.
Através dessa premissa, um tanto conhecida do cinema, várias outras pequenas tramas são pinceladas. Desde o primeiro amor ao reconhecido racismo predominante da época retratada. Tudo com uma sutileza que nos faz torcer por aquelas personagens.
E a atuação do elenco encanta e comove. Dakota Fanning, se desfaz do mito ao redor de sua dramaticidade infantil, o qual dizia que a jovem atriz não conseguiria emplacar sucessos quando mais adulta. Paul Bettany faz um pai atormentado pelo seu passado. Enquanto o trio de proprietárias da fazenda de abelhas (Queen Latifah, Alicia Keys e Sophie Okonedo), embora totalmente diferentes uma das outras, conseguem passar um quê de maternidade para a menina.
“A Vida Secreta das Abelhas” é uma grata surpresa, repleta de mel e doçuras.

A Vida Secreta das Abelhas

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

  • Leia mais
    O Que Está por Vir
    23.12.2016
  • Leia mais
    Doris, Redescobrindo o Amor
    28.05.2016
  • Leia mais
    A Última Ressaca do Ano
    08.12.2016
Quadro por Quadro