Resenha │ Amizade Desfeita

12.11.2015 │ 11:42

Imagina você, tranquila da vida, deitada na cama, com o celular em mãos vasculhando o Face, checando o Whats, trocando uma ideia com a galera em uma videoconferência no Skype, de boa. Mas de repente um personagem entra em cena: um anônimo aparece na videoconferência do Skype. Um hacker? Talvez. Você e seus amigos tentam excluir o intruso, mas o computador parece não responder aos comandos. Então o anônimo começa um joguinho que vale nada mais nada menos que sua vida e a de seus amigos. Agora volta, para de se imaginar aí (quem quer ficar com medo de usar o computador, hein?) e bora conferir um pouco mais sobre o filme de terror mais-que-bacanca da semana, Amizade Desfeita.

01AmizadeDesfeita
Sim, sim, galerinha fã de terror, esta semana tem terror!! Terror, terror, terror! E terror com tema atual. E com ideia original. Ao invés de uma câmera chacoalhando, que é o mais real possível que já chegamos de experimentar um filme de terror (quer dizer, não caímos mais no conto de A Bruxa de Blair, mas confesso que Atividade Paranormal assustou!), agora temos um filme que se passa em uma conversa de Skype entre amigos. Vejam só! O filme se passa todinho na tela do Mac da Blaire, a personagem que nos guia pela trama. Nos guia e nos alimenta com vídeos e notícias sobre uma tal Laura Barns, uma colega de escola que se suicidou após sofrer cyberbullying. Tudo acontece ali, na sua frente, como se você estivesse espiando a conversa de Blaire com os amigos (Mitch, Adam, Jess, Ken e Val, pra ser mais específica). Espiando, ficando cada vez mais curioso para saber mais sobre a morte de Laura, sobre quem é o anônimo e o que está acontecendo com os participantes da conversa. Eles são culpados pela postagem do vídeo que levou Laura ao suicídio? O anônimo é um fantasma de Laura? A tela de Blaire tem que responder.

02AmizadeDesfeita
O filme é muito interessante, diferente, um ótimo filme de terror para uma época cheia de mesmismos. Claro que tem gente que vai odiar o filme, vai ao cinema e vai dizer, “Filme que fico assistindo o cara atualizando o status do Facebook? Vendo filme no YouTube? Falando no Skype? Tô fora, que saco!”. Pois é, o diferente nem sempre agrada, nem sempre funciona pra todo mundo. Lembra quando A Bruxa de Blair saiu? Teve gente que não dormiu um mês, mas teve a galera que odiou o filme, que disse, “Cadê a porcaria da bruxa? Não vi nada, que saco de filme com aquela maldita câmera chacoalhando”. Amizade Desfeita não é o típico filme de terror. Os elementos básicos estão ali, os queridos sustinhos. Tá repleto deles. Mas o filme é bem diferente. Ficar acompanhando uma tela de computador durante quase 90 minutos não é pra todo mundo. Ainda bem que você consegue assistir ao filme dublado (vai por mim, veja dublado, a não ser que você mande muito bem no inglês. O trabalho no dublado ficou muito bom, além das falas, eles traduziram TODAS as telas), o que já é um alívio.

03AmizadeDesfeita
Putz, tenho que comentar isso: algumas cenas são meio ridículas e poderiam ter sido evitadas. Poderíamos ter seguido a lindeza de A Bruxa de Blair e não mostrar bruxa nenhuma, deixando tudo pra imaginação de quem assiste. Mas, nem tudo pode ser perfeito nesta vida, e Amizade Desfeita avacalha em algumas coisas. Mas tudo bem, o filme continua muito original, e consegue construir a tensão com poucos elementos, e a história te agarra e só solta no final, quando você encaixa todas as pecinhas do quebra-cabeça.

04AmizadeDesfeita
Se vale ver no cinema? Ah, vale. Vale mesmo! Só lá você vai poder ver esta cópia dublada lindíssima, com tudo traduzidinho (cara, fiquei mesmo impressionada com o trabalho impecável que fizeram). Aí tem a pipoca quentinha, o refri geladinho, o clima de tensão dentro do cinema, no escurinho confortável, pois você sabe que tem mais gente pra dividir as angústias ali naquela sala. Convencido? Bora pro cinema, e bom filme 😉

Nota:

[wpdevart_youtube]9JsyPcjXeto[/wpdevart_youtube]

Amizade Desfeita

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro