Resenha │ Boa Noite, Mamãe

25.02.2016 │ 16:37

Você saberia reconhecer sua mãe em caso de emergência? Isso me fez lembrar aqueles programas de auditório, em que os filhos estão vendados e têm que descobrir quem são seus pais pelo tato. Alguns falhavam miseravelmente, mas outros conseguiam distinguir algumas características únicas, ou até defeitos, como um nariz mais longo, ou então um rosto mais ossudo. Mas os moleques em Boa Noite, Mamãe, mesmo sem a venda, ficaram na dúvida se a mulher que voltou pra casa depois de um acidente, com a cara toda enfaixada e muito esquisita, era mesmo a mãe deles. Mas e os filhos, eram mesmo “os” filhos? Vixe, é um daqueles filmes!
01
Boa Noite, Mamãe não tem muitos personagens, mas os poucos que o filmes nos apresenta já rendem um bom caldo. Os irmãos gêmeos Lukas (Lukas Schwarz) e Elias (Elias Schwarz) são inseparáveis, e parecem estar aproveitando as férias de verão no campo. Tudo vai muito bem até que a mãe (Susanne Wuest) volta pra casa depois de um acidente que deixou seu rosto desfigurado. Nunca ouvimos falar detalhes do acidente, nunca ouvimos falar muita coisas do passado dos personagens, tudo se passa unicamente no presente, com os garotos duvidando se a pessoa que voltou do hospital é mesmo a mãe, e a mãe tratando os irmãos como se apenas um deles existisse. E o filme, que na maior parte é confortável e tranquilo demais, pega um ritmo frenético no último 1/3 e você termina a experiência sem fôlego.
02
Mas o que faz este filme ser tão genial a ponto de a Áustria, de onde o filme vem, ter indicado a obra ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro? É, galerinha, este não é o seu filme de terror feijão com arroz, não! A história é bem densa, você pode assistir mil vezes e ainda vai ter muitas perguntas ao final. E as relações entre os personagens, que a princípio parecem bastante triviais, com uma mãe se adaptando a sua nova realidade após um acidente muito sério, e os filhos tentando reconectar com essa mulher que agora parece uma estranha. Tudo isso daria um bom drama se os envolvidos vivessem uma história normal. Alguns probleminhas existiriam, traumas a serem superados, choro pra lá, choro pra cá. Mas isto aqui é filme de terror, meu amigo, não se esqueça! Então nada do que parece ser é verdade. Ou é e você não reparou bem. Não importa de que ângulo você olhe a história, ela vai te causar um mal-estar tremendo ao final.
03
Sem mais delongas, tudo que tenho a dizer sem dar spoiler algum (olha, eu escrevi e apaguei mil vezes antes de chegar a isso, uma resenha totalmente livre de spoilers) é que o filme é imperdível. Mas vá consciente de que o ritmo dos primeiros 2/3 do filme é bastante lento. Mas acho que isso tudo é artimanha pra te pegar de calça curta no final 😉
Nota:

[wpdevart_youtube]iso0pG9estQ[/wpdevart_youtube]

Boa Noite, Mamãe

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

  • Leia mais
    As Tartarugas Ninja - Fora das Sombras
    16.06.2016
  • Leia mais
    Zoom
    31.03.2016
  • Leia mais
    Scream: Halloween - Halloween II
    20.10.2016
Quadro por Quadro