Dois Irmãos: Uma História Fantástica | Quadro por Quadro

Dois Irmãos: Uma História Fantástica

"Dois Irmãos: Uma História Fantástica" traz o melhor dos desenhos da Disney com muita referência à cultura pop!

11.04.2021 │ 14:19

11.04.2021 │ 14:19

"Dois Irmãos: Uma História Fantástica" traz o melhor dos desenhos da Disney com muita referência à cultura pop!

“A Disney lançou mais um filme incrível que você precisa ver!”. Essa pode ser a frase mais clichê usada para se referir aos longas animados do Mickey, mas convenhamos que quase nunca somos decepcionados pelo que é exibido nas telas. E com Dois Irmãos: Uma História Fantástica não é diferente.

Os irmãos elfos Ian e Barney Lightfoot, se aventuram em busca de uma pedra mágica que pode trazer seu pai para o mundo real por um dia inteiro. Porém, enquanto um deles respira magia e acredita ferozmente no poder que ela tem e exerce, o outro precisa de um empurrãozinho. Somente juntos eles conseguirão cumprir este desafio.

Se você foi uma criança que viu as fitas VHS do estúdio até não aguentar mais, essa história vai conversar diretamente com essa parte da sua infância. Isso porque a trama tem um mundo inteiro de referências que, apesar de serem amplamente conhecidas, são mais familiares para as gerações passadas, que cresceram acreditando nos mundos mágicos “clássicos”, mas que ao mesmo tempo vai cativar as novas gerações. Dois Irmãos é um filme, mas poderia muito bem ser um jogo, tanta é sua semelhança com RPG e Magic, por exemplo. Além disso, o que são os efeitos desse longa? IM-PE-CÁ-VE-IS. As cores usadas, a construção do cenário, tanto no conceito quando no desenho, os personagens, é um mundo novo que não víamos tão completo, e funcionando tão bem, desde Zootopia. Outro detalhe que merece destaque é que, contando com Dois Irmãos, Soul e Viva, a Disney fecha um trio de produções que que tem o luto como tema. Sendo que todos o abordaram sempre de forma direta, mas cada um passando uma mensagem única e dando aos seus espectadores a oportunidade de conversar sobre.

Agora, falando da trama de Dois Irmãos em si, que é poderosa e que, quando menos se espera, tem cenas absurdamente emocionantes, ela fala sobre redescobrir a magia no mundo. E não só aquela versão que envolve pozinho mágico, varinhas de condão, lâmpadas e afins, mas principalmente a magia real, o amor pela família, a força que existe em acreditar em si mesmo, a doação em prol dos outros, a confiança, esses são o tipo de magia que sempre falam mais alto. É um filme extremamente sensível, que vai falar sobre situações com que muitos vão se identificar de forma particular, e de outras que todo mundo vive um dia. E encontrar magia nesses detalhes por si só já merece um Oscar. Quem sabe?!

 

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro