Em Nome da Lei │ Resenhas: Quadro por Quadro

Resenha │ Em Nome da Lei

21.04.2016 │ 12:17

Seguindo uma linha um pouco diferente do que estamos acostumados a ver, Em Nome da Lei é um filme nacional, policial, e que não se passa no Rio de Janeiro nem em São Paulo. E isso por si só já é um ganho.
lei 1
Vitor (Matheus Solano) é um juiz federal recém transferido para Fronteira, local onde o Brasil e o Paraguai dividem os lados da mesma rua e a chefia do crime organizado. Incorruptível, ele vai colocar em prática todas as medidas judicias que estiverem ao seu alcance para pôr um fim no esquema de Gomez (Chico Diaz), o líder de uma grande quadrilha. Entre erros e acertos, ele descobre na promotora Alice (Paolla Oliveira) e no policial federal Elton (Eduardo Galvão) dois grandes aliados.
lei 3
Com trama simples, Em Nome da Lei mostra um filme sem a correria, as gírias e metade da agressividade que normalmente vemos em filmes que retratam a violência brasileira, o que não o deixa menos verídico. O ritmo poderia ter sido melhor apresentado se a música do filme fosse um pouco mais marcante. Teria ajudado não só a conduzir inúmeras cenas como também teria melhorado a interação entre os personagens, além de compor o cenário de forma mais adequada.
Mesmo com tropeços, eu diria que o final é inesperado e que no meio das perseguições e do cumprimento da lei, foi possível incluir uma veia cômica com relativo sucesso.
Nota:

Em Nome da Lei

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro