#Garotas - O Filme │ Resenhas: Quadro por Quadro

#Garotas – O Filme

12.11.2015 │ 11:39

12.11.2015 │ 11:39

A adolescência é um dos períodos mais conturbados da vida de uma pessoa. Mas também é um dos mais divertidos, claro. E, como tudo, ele acaba, e a transição para a vida adulta pode ser tranquila, ou bem punk. Para as amigas Beth (Giovana Echeverria), Milena (Barbara França) e Carina (Jeyce Valente), não está sendo nada fácil. E entre baladas fortes na noite carioca e as responsabilidades que batem à porta, as amigas vão aprendendo e se descobrindo em #Garotas – O Filme.

01Garotas
A história segue Beth, Milena e Carina em duas histórias, que vão sendo mostradas simultaneamente: uma que aconteceu um ano antes e parece conter algum segredo da vida das garotas (e que nos mantém no suspense até o final) e a outra no presente, na noite de Ano Novo. Beth, a mais festeira das três, passou um ano em Nova York e está de volta ao Rio. Assim, Milena e Carina levam uma festa até a casa da amiga, que parece muito mudada depois do ano fora.

02Garotas
Este filme brasileiro, apesar de conter alguns clichês, problemas no roteiro e enrolar em algumas partes (as cenas da história do passado não acrescentam muito), está bem bacana e é bem original. Já curti muito a ideia de ter três protagonistas mulheres, que são livres, leves e soltas e curtem muito sua adolescência, sem pudores, sem papas na língua, sem limites. Não que o que elas façam seja certo, ou errado, apesar do filme mostrar a sociedade machista tentando botar rédeas nas garotas, os colegas apontando o dedo e rotulando suas ações, e os pais direcionando a energia das adolescentes, principalmente de Beth (a única de quem conhecemos a família), para que possam mudar hábitos nocivos.

03Garotas
No final, o filme é interessante, diferente, mas acaba caindo no mesmismo e fica um pouquinho chato. Mesmo assim, vale a pena dar um conferes no filme 😉

Nota:

[wpdevart_youtube]3u8MGNJ4kNw[/wpdevart_youtube]

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro