Resenha │ Monster Trucks

23.02.2017 │ 15:11

Com direção de Chris Wedge (A Era do Gelo) e roteiro de Derek Connolly (Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros), Monster Trucks consegue arrancar lágrimas e muita risada de crianças e adolescentes, sem deixar de empolgar os adultos com seu tema, que apesar de batido, consegue envolver a plateia o tempo todo.
Lucas Till (X-Men: Apocalipse) e a atriz Jane Levy (“O Homem nas Trevas”) fazem o par romântico nesta aventura que tem um elenco de peso.

No filme, Tripp (Till) é um rapaz inconformado com o desaparecimento do pai e embora muito inteligente não liga a mínima para os estudos. Ele trabalha em um ferro velho onde Mr. Weathers (Danny Glover) é o dono e, sendo cadeirante, precisa da ajuda dele. Danny permite que Till construa um Monster Truck com peças dos carros sucateados.
Certa noite uma empresa, liderada pelo desonesto Reece Tenneson (Rob Lowe), perfurando o solo para encontrar petróleo, descobre seres vivos desconhecidos e um desses “Monstros” se esconde no ferro velho. Tripp assustado chama seu padrasto e Sheriff da cidadezinha de Dakota do Norte e o Sheriff Rick (Barry Pepper) por não encontrar nada acredita ser trote de Tripp e fica revoltado. O “monstro” acaba fazendo amizade com Tripp e os dois se tornam parceiros inseparáveis!

Um grupo mal-encarado liderado por Burke (Holt Mc Callany) começa a caçar o monstro, Tripp com ajuda dos amigos e outras ajudas surpresas combatem os vilões.
O filme é divertido e o roteiro não deixa que ele fique monótono. Apesar da fórmula batida, acaba trazendo muita diversão para a galera infanto-juvenil.

Till é muito carismático e desenvolve grande empatia com os espectadores. Percebe-se no desenrolar da trama a construção de valores como amizade, ética, fidelidade; o que traz para o enredo a satisfação de dever cumprido.
Nota:

[wpdevart_youtube]ay3qCr7kTPA[/wpdevart_youtube]

Monster Trucks

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro