O Ignorante │ Resenhas: Quadro por Quadro

O Ignorante

Paul Vecchiali olha para as mulheres de sua vida em "O Ignorante"

10.11.2016 │ 08:30

10.11.2016 │ 08:30

Paul Vecchiali olha para as mulheres de sua vida em "O Ignorante"

O Ignorante é um título infeliz para o novo filme do diretor veterano francês Paul Vecchiali, de 86 anos. Ele dirige e estrela a trama de um homem rico que está morrendo, e no processo olha para trás em sua vida — particularmente para as muitas mulheres que por ela passaram.

O filme parece ter estado em Cannes apenas por respeito ao seu diretor/produtor. É uma participação válida, claro, mas não necessariamente te ajuda no processo de viajar ao longo da história contada por Vecchiali. E o público, não só pelo título, mas pela forma como o diretor conduz o filme, irá ignorar completamente o novo longa do cineasta.

O filme acompanha nove anos das vidas e da convivência de Rodolphe (Vecchiali) e Laurent (Pascal Cervo, de Dois Rémi, Dois), pai e filho, dois homens com personalidades distintas e grandes problemas de conexão entre si, apesar do grande carinho que os une. O longa começa com o Laurent fingindo ser um ladrão e ameaçando seu pai, apenas para provar que ele não deve mais viver sozinho. Ele prova seu ponto de vista e logo está morando com Rodolphe.

Ao longo dos nove anos que são mostrados em O Ignorante, grandes mulheres da vida de Rodolphe aparecerão para visitá-lo, e a maioria delas é interpretada por atrizes importantes do cinema francês. Mas a participação mais marcante, obviamente, se torna a de Marguerite (Catherine Deneuve, de O Novíssimo Testamento), tia de Laurent e primeiro amor de Rodolphe, a qual ele fica idealizando a maior parte do filme.

Vecchiali é conhecido por seu cinema mais experimental (leia a minha resenha do último filme do diretor, É o Amor). Mas com O Ignorante ele parece ir mais longe com suas experimentações e isso pode fazer o público ignorar O Ignorante (desculpe-me o trocadilho pobre). Para mim, desta vez, foi uma experiência menos prazerosa, não nego! Catherine Deneuve é o ponto alto como a musa de Rodolphe, mas até chegar a ela, há apenas alguns prazeres intermitentes.

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro