Resenha │ O Zelador Animal

07.10.2011 │ 11:10

Feito para uma sessão da tarde, “O Zelador Animal” é uma comédia infantil, com alguns temas até certo ponto adultos, sobre animais falantes em um zoológico. Só por essa breve explicação já dá pra dizer que, ao fim do filme, a plateia se sente como se o filme fosse escrito por crianças ou, talvez, por animais falantes.
É como ver um “Dr. Dolittle” piorado (se é que isso é possível). Tire o carisma de Eddie Murphy e substitua pelo chato Kevin James, tire as piadas infantis e substitua por piadas infantis sem graça e previsíveis e voilà você chega ao resultado desse filme.
Será difícil encontrar um ser humano, crítico o suficiente, que irá se deliciar e divertir com essa aberração da natureza no formato de filme.
Não bastassem os animais falarem, eles oferecem malfadadas lições amorosas ao personagem de James, que são imprescindíveis, é claro. Como impressionar a fêmea (na visão de um urso), como marcar território (na visão de um lobo) e como conquistar a fêmea (na visão de uma leoa). É claro que Griffin, o personagem de James, é inteligente o suficiente e segue a risca os conselhos dos animais.
Para ajudar, todas as cópias brasileiras são dubladas. Então, por preguiça, enquanto nos EUA temos vários nomes interessantes nas vozes dos animais, aqui temos Marcelo Adnet fazendo um trabalho horroroso na voz de 5 dos animais falantes.
Se você tem cérebro, passe longe.

O Zelador Animal

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro