Panic - 1ª Temporada | Quadro por Quadro

Resenha │ Panic – 1ª Temporada

31.05.2021 │ 17:05

A nova série da Amazon Prime Video tem grande potencial de ser um novo fenômeno de suspense teen

A Amazon Prime Video tem ganhado seu espaço por um catálogo bem diversificado de produções, mas que presam muito pela qualidade e ainda carregam pouca quantidade. Nesse quesito, suas estreias acabam chamando bastante atenção por serem bem separadas uma da outra e nenhuma acaba colidindo ou competindo atenção do público. A estreia de Panic, nova série adolescente no streaming, surgiu no timing perfeito entre hiatos e pausas de séries adolescentes que ainda aguardam novas temporadas, preenchendo um espaço muito especial para os fãs de suspense.

Quem gosta de Jogos Vorazes, Uma Noite de Crime, Pretty Little Liars e Riverdale, pode se dar bem ao escolher dar play na série, mas também quem não é ligado a esse tipo de narrativa, pode se surpreender com tamanha profundidade que a trama carrega. Panic conta a história dos jovens que vivem em Carp, uma pequena cidade onde nada acontece, a não ser os jogos perigosos e clandestinos que acontecem todos os anos. Esses jogos envolvem competidores que precisam passar por provas de extremo risco sem demonstrar pânico, como pular de um penhasco, fazer uma travessia nas alturas, entre outros. Só há um ganhador no final que leva um prêmio em dinheiro.

Essa premissa tem vários furos, como os policiais da cidade que só se deram conta que os jogos acontecem anualmente, após dois adolescentes terem morrido no ano anterior, mas como todo mundo é proibido de falar sobre o Panic e onde ele acontece, vira uma desculpa esfarrapada para o roteiro deitar e rolar em cima dos piores policiais que você pode imaginar. Mesmo assim, a série compensa e muito com seus ótimos personagens e as dinâmicas realmente cativantes, que transitam muito rapidamente pelo clichê para nos levar a um outro nível de relacionamentos adolescentes. Os episódios bebem muito da fonte dos anos 90, com referências à Eu Sei O Que Você Fez No Verão Passado e outros clássicos, mas ela consegue se reinventar de uma forma muito positiva, deixando no chinelo a tentativa de reboot com a série Pânico, feita pela parceria entre a MTV e a Netflix em 2015.

O melhor da série nem são os jogos, que ficam totalmente alheios e com um efeito de evento para os episódios, mas o que move o roteiro mesmo são as relações entre os participantes, seus passados e as consequências das provas. Uma sacada excelente para não se prender nos desafios e não virar um Jogos Mortais da vida, que precisa se provar mais e mais insano a cada ano. Heather (Olivia Welch) é a mocinha que tem uma família problemática, como toda protagonista sofre de complicações amorosas e é também a narradora da série. Sua personagem tem uma evolução muito grande e é muito interessante ver como ela interage com os amigos, que nem sempre são verdadeiros. O fato é que quando você acha que conhece algum personagem, ele muda de figura a cada episódio e descobrimos novas informações que mudam a trama drasticamente. Essa brincadeira com os julgamentos de persona funciona muito bem para manter o gatilho e seguir para os episódios seguintes.

Com uma pegada teen bem antenada, a vantagem de todos os episódios estarem disponíveis simultaneamente e um elenco cativante, é possível ver muitas temporadas de Panic ainda pela frente, com novos jogos, novos rostos e muito drama. É um ótimo divertimento para assistir a qualquer hora.

Panic – 1ª Temporada

(Panic)
País: Estados Unidos
Direção:
Roteiro: Lauren Oliver
Elenco: Olivia Welch, Jessica Sula, Ray Nicholson
Ano: 2021
Duração: 10 episódios

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro