Snowden - Herói ou Traidor │ Resenhas: Quadro por Quadro

Resenha │ Snowden – Herói ou Traidor

10.11.2016 │ 09:01

Oliver Stone faz de “Snowden – Herói ou Traidor” seu filme mais interessante em anos

Sejamos honestos: Oliver Stone não faz um filme importante em pelo menos 20 anos. Os filmes controversos e políticos que se tornaram sua marca registrada ficaram, por muito tempo, presos ao passado. O que não quer dizer que ao longo dessas duas décadas o diretor não tenha tentado. As Torres Gêmeas e Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme encontraram um público mas não o seu propósito real e acabaram por desaparecer do inconsciente coletivo pouco depois de serem assistidos.

Mas o exílio de Stone no limbo da irrelevância parece ter terminado com Snowden – Herói ou Traidor. O drama não é apenas o trabalho mais engajado do diretor desde Nixon (1996) – é também o filme político mais importante e aparentemente transparente de um cineasta norte-americano em anos.

O filme conta a história de Edward Snowden, um contatado da NSA (a agência de segurança nacional dos EUA, focada em funções de interceptação e criptoanálise). Ele se torna um denunciante e fugitivo da agência por vazar documentos que revelam até que ponto a vigilância americana se estende no mundo de hoje.

Stone faz um filme que pede ao público para que escolha um dos lados no que compete a questão da vigilância americana através da tecnologia, enquanto mostra o outro lado, o de Snowden, muito bem interpretado por Joseph Gordon-Levitt, de (500) Dias Com Ela.

Se você levar em conta tudo o que viu na mídia normal, pode pensar que já sabe tudo sobre essa história. Talvez tenha até decidido, tempos atrás, que Snowden é um traidor ou que foi muito longe ao revelar documentos e segredos da agência que jurou defender. Pró-Snowden ou anti-Snowden, não importa o lado que você escolheu, o filme de Stone irá aprofundar suas respostas às ações do “personagem”.

Snowden – Herói ou Traidor não é propaganda de esquerda conspiratória na era da meta-tecnologia, embora alguns possam acusá-lo disso. É uma espécie de docudrama que faz um mergulho espetacular e assustador sobre o que a vigilância global se tornou.

Espera aí! O filme está dizendo que uma conspiração mundial está acontecendo? Se assim for, desculpe dizer, todos estamos, ingenuamente, em conluio com ela, desperdiçando a nossa privacidade pelo nosso vício em tecnologia (obrigado, Black Mirror). Queremos que os governos nos façam sentir seguros, mas isso não significa que pedimos para eles nos vigiarem 100% do tempo. Snowden – Herói ou Traidor enquadra a questão para que possamos chegar a uma conclusão por nós mesmos.

A real mensagem deixada pelo longa é esta: a vigilância é uma Caixa de Pandora. Você pode terminar o longa com um agradecimento à caixa de segredos aberta por Edward Snowden, mas sempre imaginando se essa caixa pode ser fechada algum dia.

Snowden – Herói ou Traidor

(Snowden)
País: Reino Unido, França, Alemanha, EUA
Direção: Oliver Stone
Roteiro: Kieran Fitzgerald, Oliver Stone
Elenco: Joseph Gordon-Levitt, Shailene Woodley, Melissa Leo
Ano: 2016
Duração: 2h14

Você também pode gostar…

  • Leia mais
    As Aventuras dos 7 Anões
    09.07.2015
  • Leia mais
    Como Eu Era Antes de Você
    11.06.2016
  • Leia mais
    Aqueles que me Desejam a Morte
    27.05.2021
Quadro por Quadro