Resenha │ Wolfwalkers

13.04.2021 │ 20:20

A tradição das lendas irlandesas direto para o tapete vermelho, em "Wolfwalkers"!

Mais uma linda animação para concorrer à categoria de melhor Filme Animado no oscar! Wolfwalkers é um filme delicado e ao mesmo tempo de muita força, que equilibra a suavidade dos traços e cenários, com personagens e enredo impactante. Definitivamente um competidor de peso para a estatueta dourada.

Robyn é uma menina determinada que quer muito acompanhar seu pai, Bill, durante suas caçadas. A função dele é se livrar dos lobos que aterrorizam a nova cidade onde moram. Porém, nem tudo é o que parece, e Robyn acaba descobrindo que a matilha é liderada por uma enérgica menina de cabelos vermelhos, Mebh. Uma improvável amizade surge entre as duas enquanto procuram pela mãe de Mebh e descobrem um terrível segredo envolvendo Lord Protector, governador da cidade.

Quem assistiu Song of the Sea vai ter novamente a oportunidade de se encantar com essa produção do diretor Tom Moore. Wolfwalkers é um filme maravilhoso que combina uma trama simples baseada no folclore irlandês com um trabalho incrível de animação, desenho, desenvolvimento de personagens e enredo.

Tudo no filme flui exatamente como deve, e a leveza dos traços que, bem diferente dos outros concorrentes da categoria, é muito mais solta, sem se preocupar com a precisão e mostrando como isso pode ser algo muito bem trabalhado, dá ao filme um toque de encanto que a história por si só já carrega. Esse detalhe também contribui muito para o ritmo do filme, que além de ser mostrado ao espectador por ângulos muito interessantes, que permitem uma visão bem ampla do que foi construído para cada personagem em cena, também dá super certo com a trilha sonora.

Enfim, uma ótima pedida para qualquer cessão de cinema em casa e, para quem gosta de adivinhar só pelo som, uma feliz surpresa na dublagem original do personagem Bill!

Wolfwalkers

(Wolfwalkers)
País: EUA
Direção: Tomm Moore, Ross Stewart
Roteiro: Will Collins, Tomm Moore
Elenco: Sean Bean, Simon McBurney, Maria Doyle Kennedy
Ano: 220
Duração: 1h43

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro