Descontrolados

13.03.2015 │ 13:39

13.03.2015 │ 13:39

Com saudades de filmes como Segurando as pontas, O grande Lebowski e Madrugada muito louca, entre tantos outros? Bom, já deu pra sacar qual o tema principal de Descontrolados, e se não deu, fica com a gente mais um pouquinho e confere se esta comédia uruguaia com panca de hollywoodiana é o filme do seu final de semana ☺
Bom, a históra é bem simples: dois amigos, Elías (Joaquín Tomé) e Andrés (Santiago Quintans) se reúnem para o último baseado do verão, pois no dia seguinte a vida de adulto (que clama suas almas desesperadamente) recomeça e eles precisam de foco. Tudo vai muito bem, Elías consegue abrir seu livro e está se preparando para estudar quando Andrés liga dizendo que encontrou um pacote com 5 drogas diferentes. O foco já era. André então intima o amigo a participar de uma experiência científica que pode mudar o rumo da humanidade (tá, tá, exagerei um pouco…): com mais três amigos, eles se propõem a consumir uma droga diferente, todos ao mesmo tempo, e observar as reações (vulgo curtir um barato em grupo). Tudo vai muito bem (nada, adolescentes consumindo doses exageradas de drogas que eles desconhecem? A coisa vai mal!), mas aí a namorada de Elías liga dizendo que precisa dele, pois sua avó morreu. Ah, tá. Agora sim, temos motivos para estes cinco, quer dizer, quatro se for contar que Cata (Micaela Psinisnuc) está desmaiada depois de consumir sua droga (e permanece assim o filme todo) e tem que ser carregada por Cooper (Nicolás Furtado) pra lá e pra cá, em episódios que me fizeram lembrar de Um morto muito louco (com direito a óculos de sol estilo anos 1980 e tudo mais).
Essa galera se mete em tantas enrascadas hilárias que é de perder o fôlego rindo. Claro que os temas são adolescentes, com piadas que beiram o besteirol, bem no estilo dos filmes que eu citei lá no comecinho. Mas o filme é extremamente dinâmico, com uma edição rápida e com diversas artes compondo cenas visualmente incríveis. Você não vai ter um momento de marasmo – a não ser que seja para participar da experiência droguística de algum dos personagens e ver tudo em câmera lenta… O filme é muito atual, seguindo as tendências do que vem rolando em Hollywood, com o detalhe de que é uruguaio (¡que tal!), escrito e dirigido pelo praticamente novato Manuel Facal (espero que ainda ouçamos muito este nome, amém).
Então fica a dica: quer um filme leve, descontraído, visualmente incrível e que vai fazer você rir muito? Aposte em Descontrolados. ¡E buen provecho!

Você também pode gostar…

  • Leia mais
    American Ultra: Armados e Alucinados
    26.11.2015
  • Leia mais
    Meu Rei
    06.06.2016
  • Leia mais
    A Garota Ocidental - Entre o Coração e a Tradição
    25.06.2017
Quadro por Quadro