Olhando pras Estrelas

06.11.2016 │ 10:43

06.11.2016 │ 10:43

O documentário Olhando pras Estrelas acompanha um grupo de jovens bailarinas da Associação de Ballet e Artes para cegos Fernanda Bianchini, única companhia de ballet para cegos do mundo. Com uma temática comovente, o filme procura quebrar preconceitos e narrar o esforço diário de meninas cegas, em especial o de Geiza e Thalia.
01olhandoprasestrelas
Geiza, além de bailarina da companhia, também é professora de ballet. Já Thalia, é uma adolescente que como toda menina, enfrenta problemas decorrentes da própria idade.
Através do filme, compreendemos seus medos, sonhos e a luta dessas incríveis meninas, que se esforçam para superar as limitações provocadas pela deficiência visual.
02olhandoprasestrelas
O diretor, Alexandre Peralta, nos mostra que a falta de visão não impede a realização de tarefas complexas, como a prática do ballet clássico, que é uma arte ao mesmo tempo corporal e visual. É a paixão pela dança que motiva as bailarinas, dentro e fora da companhia.
Tecnicamente o filme não impressiona. Possui uma narrativa simples e em alguns momentos arrastada. A fotografia serve ao propósito do filme, utilizando com frequência imagens fora de foco. O especial fica por conta da história, que cativa com facilidade, ficando difícil não se emocionar ao final da projeção.
Nota:

[wpdevart_youtube]xzBgsBg6ub0[/wpdevart_youtube]

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro