O Caso SK1

28.01.2016 │ 13:06

28.01.2016 │ 13:06

Antes de mais nada, SK1 é um termo utilizado pela polícia para designar “Serial Killer” – assassino em série. O número 1 aqui não é exatamente por ter sido o primeiro caso, mas o primeiro a ser identificado por análise de DNA.
sk1_1
O Caso SK1 acompanha uma equipe e, mais especificamente, o jovem detetive Frank Magne – apelido Charlie (Raphaël Personnaz, de Anna Karenina) na longa investigação para pegar o assassino e estuprador de várias moças jovens em um período que se estendeu desde 1991 até 2001, quando Guy Georges (Adama Niane, de 35 Doses de Rum) é levado ao tribunal para julgamento (não é spoiler, gente, fiquem calmos rs) pelos crimes.
sk1_5
Este é um suspense mais reflexivo, onde acompanhamos Charlie e seu parceiro, Bougon (Olivier Gourmet, de O Exercício do Poder) mais o capitão, Carbonel (Michel Vuillermoz, de Desejo e Reparação) correrem atrás de pistas falsas, sendo atrapalhados por um sistema antigo e cheio de regras que os impedem a conseguir achar o criminoso durante tanto tempo. Charlie se vê cada vez mais envolvido e obsessivo com o caso, enquanto sua vida pessoal desmorona.
ski_4
O diretor escolhe alternar cenas entre esses períodos para dar a visão geral do caso. Guy, que ficou conhecido como “O Monstro da Bastilha”, é defendido pela advogada Frédérique Pons (Nathalie Baye, de Prenda-me Se For Capaz), que tenta entender o monstro por trás desses atos hediondos – e aí voltamos à reflexão da frase inicial de James Jones: “Esta grande força do mal. De onde vem? Como foi entrar no mundo?”
sk1_3
Embora a frase inicial do filme tenha instigado o interesse, ele possui um ritmo mais lento e um tanto frustrante, só ganhando força mais para o final. Sem contar que o protagonista não convence muito fora de sua persona nas investigações. As interações com a mulher chegam a ser meio artificiais, sem emoção. Mas é um filme a ser visto, porque entrega um suspense que denuncia como a burocracia e a lei podem atrapalhar um processo investigativo, mesmo em Paris.
Nota:

[wpdevart_youtube]9eoTaczam08[/wpdevart_youtube]
TopoMyFFF2016

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro