Resenha │ Dois Lados do Amor

13.03.2015 │ 13:49

Os dois lados do amor conta a história de Eleanor (Jessica Chastain) e Connor (James McAvoy), um casal que enfrenta um momento delicado em suas vidas após a perda do filho. O relacionamento, antes repleto de amor, risadas e leveza, está em frangalhos. Enquanto Connor é mais pragmático e tenta seguir em frente, Eleanor não consegue se desvencilhar das lembranças, tornando-se apenas uma sombra da moça tão carismática e sorridente de antes.
Somos apresentados a uma mulher bem casada e feliz, cuja tragédia pessoal a levou a uma tentativa de suicídio. Então ela desaparece da vida de Connor e começa um processo de recuperação, de volta à casa dos pais. Ele não está muito atrás no conflito pessoal e existencial, considerando que seu restaurante está à beira da falência. É fácil se identificar com essa sensação de não saber o que fazer da vida. Ambos estão tentando achar um rumo em meio a toda essa loucura.
Esse filme na verdade foi idealizado como dois. A grande ideia era mostrar os pontos de vista dos dois protagonistas, então originalmente era dividido em uma versão sob a perspectiva de Eleanor, Ela (Her) e outra sob a de Connor, Ele (Him). Mas os irmãos Weinstein tomaram a decisão de distribuir uma versão mais genérica, cortada. É como se Boyhood fosse filmado em 2 meses, o resultado seria muito diferente.
O título brasileiro, embora aparente ter um apelo meio comédia romântica, alude a essa diferença de perspectivas. Já o título original, O Desaparecimento de Eleanor Rigby, causa um certo frisson pela referência à música dos Beatles. A conexão se resume a uma breve explicação da personagem no meio do filme, em um tom até meio blasé. Mas quem se lembra da música sabe que fala de solidão, sentimento muito presente na Eleanor Rigby do filme.
É um filme bonito e sensível, que lida com problemas reais de um casal, mas que perde força nessa versão cortada pelos irmãos Weinstein. Não deixe de checar as versões originais, que são lindíssimas e realmente se complementam.
Dou: uma pipoquinha salgada + um mentos.

Dois Lados do Amor

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro