Resenha │ Sobrenatural: A Origem

30.07.2015 │ 11:03

O diretor James Wan anda arrasando nos filmes de terror. Ano passado ele veio com três filmes incríveis (dirigiu Sobrenatural: Capítulo 2 e Invocação do Mal, produziu Annabelle) e quando Sobrenatural: A Origem foi anunciado (apesar do James Wan ser apenas o produtor, droga!!), os fãs piraram (eu entre eles, lógico!). E a gente sabe que o pior problema quando vamos ver um filme é a expectativa, né? E por mais que eu tenha gostado deste novo filme da incrível franquia, eu não amei o resultado. E os fãs vão concordar comigo. Vem ver por quê 🙂

01SobrenaturalAOrigem
No filme, acompanhamos Quinn Brenner, que recentemente perdeu a mãe, em uma visita a Elise Rainier (Lin Shaye), nossa conhecida de outros carnavais. Quinn quer fazer contato com a mãe e Elise, apesar da resistência, tenta ajudar a garota. Alguma coisa não dá muito certo e Quinn começa a ser atormentada por um espírito maligno. Elise é a única esperança de Quinn, mas ela precisa primeiro lidar com seus próprios demônios, entre eles a Noiva de Preto, que está furiosa desde que Elise libertou o pequeno Josh de sua influência (fãs entenderão!).

02SobrenaturalAOrigem
Ok, ok. Contando assim, parece até que temos bastante história pra curtir um filmão, certo? Errado! É só isso mesmo que temos. Falo “só isso” porque nos dois outros filmes da franquia tivemos muita história pra curtir. Neles, não tínhamos apenas espíritos malignos que atormentavam pessoas e ponto. Tínhamos toda uma abordagem da história desses espíritos, uma análise profunda de suas motivações, a resolução de problemas e a libertação desses espíritos. Ou seja, um filme de terror bem amarradinho, com muita coisa pra você digerir, daqueles que dá vontade de ver de novo. E este terceiro capítulo? Bom, o espírito maligno é maligno, e ponto.

03SobrenaturalAOrigem
Mas de uma coisa não posso reclamar: o filme entrega os sustinhos. E não são “sustinhos”, tenho que ser justa: são sustões! E o timing está mais-que-perfeito, pois eles abusaram dos momentos em que você não está esperando tomar um susto. Em O Chamado, lembra da cena em que Rachel e a irmã estão na cozinha, falando sobre como a garota foi encontrada no guarda-roupas e de repente eles colocam a imagem dela? De repente, sim! Lembro que a primeira vez que vi a cena, que pipocou do nada na tela, quase morri do coração. Então, os sustinhos neste filme são do mesmo calibre.

04SobrenaturalAOrigem
Bom, não deixe de conferir o filme. Se você é fã, vai sair reclamando da história, mas tenho certeza de que o resultado vai agradar, pelo menos. Se não é fã, aí melhor, vai gostar mais ainda do filme.

Nota:

[wpdevart_youtube]RtzJgtCzAFs[/wpdevart_youtube]

Sobrenatural: A Origem

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro