A Incrível História de Adaline

21.05.2015 │ 14:24

21.05.2015 │ 14:24

Como seria viver eternamente, sem envelhecer um dia sequer? A Incrível história de Adaline é um romance com elementos de fantasia, em que uma moça chamada Adaline Bowman sofre um acidente que faz com que ela não envelheça mais. À primeira vista, isso parece fantástico, mas logo vemos que nem tudo são rosas e que sua vida é extremamente solitária, por medo de que descubram seu segredo.
Blake Lively interpreta a moça, e o filme parece ser uma tentativa de desvencilhar sua imagem da icônica Serena Van Der Woodsen, de Gossip Girl. As roupas fabulosas continuam e os penteados estão lindíssimos, mas realmente vemos uma personagem mais calma, serena – hahahah – e mais sofrida também. Portanto, pontos para a Blake.
Mas como diria Tom Jobim, é impossível ser feliz sozinho. Entra na cena Ellis Jones. Michiel Huisman – talvez mais conhecido por seu papel recente em Game of Thrones – interpreta o bonitão da vez que, claro, também é rico, fofo, inteligente, um perfeito cavalheiro, e ainda um sabichão que cita John Donne: Nenhum homem é uma ilha. Bam!, mensagem subliminar para você, Adaline.
A trama se desenrola com a decisão da mocinha em se arriscar dando uma chance para o amor – ou não. Harrison Ford é outra presença ilustre no filme, interpretando o pai do bonitão. Há também as ótimas Ellen Burstyn, como a filha de Adaline, e Kathy Baker, como a mãe do bonitão. O romance se passa em vários lugares, mas se concentra em São Francisco, Califórnia, e as paisagens são tão lindas e incríveis que fiquei com vontade de comprar uma passagem na mesma hora para lá.
É um filme visualmente impecável e envolvente, mas é preciso encarar como uma obra de fantasia mesmo, porque as explicações dadas para o acidente da moça são no mínimo bem convenientes. Sem contar os comentários e a voz do narrador, que me lembrou muito 500 dias com ela. Uma ótima fonte de referências literárias também, o enredo serve para nos fazer refletir sobre o quanto temos medo de envelhecer e que talvez devêssemos aproveitar muito mais o presente, seja qual ele for.
Dou: meia pipoca salgada + meia doce no fundo do pacote.

Você também pode gostar…

  • Leia mais
    Romance à Francesa
    27.01.2016
  • Leia mais
    Tomorrowland - Um Lugar Onde Nada é Impossí­vel
    05.06.2015
  • Leia mais
    Pequenos Invasores
    23.09.2009
Quadro por Quadro