Guerra ao Terror

"Guerra ao Terror" é um dos melhores exemplares do gênero

04.02.2010 │ 13:25

04.02.2010 │ 13:25

"Guerra ao Terror" é um dos melhores exemplares do gênero

Alardeado como uma coisa rara, Guerra ao Terror, filme sobre o esquadrão antibomba americano no Iraque, se coloca no hall dos principais filmes de guerra.

Dirigido por Kathryn Bigelow, cuja trajetória inclui Caçadores de Emoção (1991) e Estranhos Prazeres (1995), o filme se mostra um thriller que revela mais sobre as realidades do conflito militar do que muitos dos documentários de guerra. Dessa forma, oferece uma poderosa e muitas vezes assombrosa crítica da sociedade americana.

A muito discutida linguagem televisa trás ao filme uma narrativa que agrega um tom de cobertura real e documental ao conflito. Com isso, Bigelow cria tensão e desconforto do começo ao fim do filme.

Partindo dos conflitos externos (da guerra) para construir os conflitos internos de seus personagens, a diretora e seu roteirista (Mark Boal, de No Vale das Sombras) revelam aos poucos cada uma das nuances de seus personagens. Quem são, seus medos, suas reações aos acontecimentos relatados e assim a humanização dos personagens é inevitável.

Se o roteiro constrói magistralmente os momentos de tensão, Bigelow aproveita para, em meio ao caos da guerra, dar tempo ao espectador. Tempo para respirar, refletir e sofrer com seus personagens a cada novo problema abordado.

Pode até ser que o filme funcione melhor em sua terra natal, mas com certeza, se prova um dos melhores exemplares do gênero nos últimos tempos. E, dessa forma, gera grandes questionamentos que perduram depois do filme. Tudo o que um bom filme deve fazer!

Você também pode gostar…

  • Leia mais
    Sétimo
    27.11.2014
  • Leia mais
    Fear The Walking Dead - 1ª Temporada
    05.10.2015
  • Leia mais
    True Detective - 2ª Temporada
    11.08.2015
Quadro por Quadro