Respire │ Resenhas: Quadro por Quadro

Resenha │ Respire

06.10.2015 │ 12:06

O segundo filme da atriz/diretora Mélanie Laurent, conhecida como a Shoshana de Bastardos Inglórios, vai te tirando o fôlego ao longo de sua duração e culmina em um plano final arrebatador e que te dá socos no estômago.

01Respire
Na trama, Charlie (Joséphine Japy, de O Monge) tem 17 anos, a idade das paixões, das emoções e das convicções. Educada e bem-comportada, Charlie é imediatamente atraída por Sarah (Lou de Laâge, de Aconteceu em Saint-Tropez), a nova aluna da escola. Encantadora e de temperamento difícil, ela se aproxima de Charlie. Amigas, as jovens dividem intimidades e segredos até que, um dia, seu relacionamento começa a mudar, podendo gerar consequências trágicas.

02Respire
A diretora de Les Adoptés vai envolvendo o espectador no relacionamento destas duas meninas tão diferentes e vai revelando nuances das personalidades das personagens.

São mentiras e ciúmes que vão minando essa potencial relação e gerando expectativa no desenvolver da trama. E na medida que vamos descobrindo os “podres” de cada lado da relação vamos nos envolvendo mais profundamente com as personagens.

03Respire
Joséphine Japy e Lou de Laâge estão dolorosamente genuínas como as duas jovens mulheres tão diferentes, mas igualmente perdidas em suas buscas. As percepções das meninas dão voltas perigosas ao longo do curso da trama. Não há necessidade de discutir o rumo dessas voltas, mas a direção de Laurent é astuta e econômica fazendo de Respire, um filme que gradualmente te tira o fôlego.

Nota:

[wpdevart_youtube]y8fPANSCZBk[/wpdevart_youtube]

Respire

()
País:
Direção:
Roteiro:
Elenco:
Ano:
Duração:

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro