Shazam! | Quadro por Quadro

Resenha │ Shazam!

04.04.2019 │ 09:00

Zachary Levi traz o carisma que "Shazam!" precisava

Zachary Levi traz um carisma tão irresistível em Shazam!, que por si só já é uma maravilha para o filme. Ele interpreta um homem poderoso de queixo anguloso e músculos ondulados com um relâmpago brilhante no peito, e se isso não fosse uma ideia antiquada o suficiente, não sei o que seria. Mas é o carisma do ator que salva a coisa toda.

O ator, de Thor: O Mundo Sombrio, interpreta esse herói que, na verdade, é um adolescente por dentro e o resultado é o que traz a diversão para o projeto. Shazam é ao mesmo tempo infantil e viril, ridiculamente cafona e heroicamente moderno.

No filme, Billy Batson (Asher Angel) tem apenas 14 anos de idade, mas recebeu de um antigo mago o dom de se transformar num herói adulto chamado Shazam (Levi). Ao gritar a palavra SHAZAM!, o adolescente se transforma nessa poderosa versão adulta para se divertir e testar suas habilidades. Contudo, ele precisa aprender a controlar seus poderes para enfrentar o malvado Dr. Thaddeus Sivana (Mark Strong, de Kingsman: Serviço Secreto).

É o conjunto entre aparência e atitude que faz parecer com que Levi está se divertindo muito no papel – ele está totalmente confortável como Shazam. Parece que estamos assistindo a uma sátira de filme de herói que também é, em cada sequência, extremamente original.

Dirigido por David F. Sandberg (Quando as Luzes se Apagam), o filme é construído sobre um estrutura bastante normal. O herói, Billy Batson, é um menino comum, que foi abandonado por sua mãe e já passou por meia dúzia de lares adotivos. Ele não é um garoto mau, apenas cheio de ressentimento com sua história de vida. Um começo digno para qualquer herói que se preze.

Shazam! não é o primeiro filme do gênero a adotar um tom de irreverência pós-moderna. Deadpool, com seu niilismo verborrágico, conseguiu isso um pouco antes, e antes deles havia o irônico Tony Stark de Robert Downey Jr. Isso citando só alguns.

O longa é uma comédia de ação leve, engraçada, fundamentada nos quadrinhos, envolvente e despretensiosa sobre um menino no corpo de um (super) homem. E é Zachary Levi quem faz isso funcionar, da mesma forma que Ryan Reynolds fez para Deadpool. Levi não interpreta Billy como um garoto imaturo; pelo contrário, ele é inteligente e rápido como um raio.

Tudo o que Shazam! faz, desde atirar balas no rosto do seu protagonista até como ele entra e sai de sua identidade de super-herói parece estar ali em função da diversão. O filme sugere que se você está levando essas adaptações de quadrinhos muito a sério, você pode não estar totalmente conectado com o espírito do material original. Shazam! diz: essas coisas são para você se divertir. Então aproveite a aventura.

Shazam!

(Shazam!)
País: EUA, Canadá
Direção: David F. Sandberg
Roteiro: Henry Gayden
Elenco: Zachary Levi, Mark Strong, Asher Angel
Ano: 2019
Duração: 2h12

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro