Universidade Monstros

01.07.2013 │ 19:28

01.07.2013 │ 19:28

A Pixar é, sem duvidas, o maior estúdio de animação em computação gráfica desde que surgiu. Por isso, a tarefa de “Universidade Monstros” é muito infame. A prequência de um dos mais amados longas da casa deve reconquistar o publico criado no longa original e suprir as expectativas nesse reencontro.
Embora o filme não seja tão inteligente e ingênuo como o anterior, ele consegue se firmar com charme assim como as seqüências já lançadas pelo estúdio.
As paródias as comédias de colégio dos anos 80 já ficavam claras no primeiro teaser do longa e essa é a verdadeira alma do filme. Retornamos a Monstrópolis para reencontrar a dupla de protagonistas antes de serem os famosos assustadores do original, enquanto se encontram na Universidade.
Os personagens secundários são bem menos interessantes do que os do outro longa, o que torna a trama bem menos chamativa. Mas o fato de algumas piadas se repetirem traz um tom empatia com os mesmos. Além do que, se esses secundários são desinteressantes, pelo menos a dinâmica entre ambos os protagonistas (que se iniciam como antagonistas) continua a mesma.
Tecnicamente não há do que reclamar, como sempre. Então é curtir e torcer por mais longas originais da casa que trouxe nos últimos 20 anos, alguns dos melhores personagens animados de todos os tempos.

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro