O Bom Dinossauro

07.01.2016 │ 10:48

07.01.2016 │ 10:48

“E se o meteoro que atingiu a Terra a bilhões de anos tivesse errado o alvo? ”, essa é uma ótima chamada para o começo de uma grande história.
O Bom Dinossauro, décima sexta animação da Pixar, é uma narrativa simples mas que encanta a todos, assim como os outros filmes do estúdio.
01OBomDinossauro
O filme parte da ideia de que o evento que extinguiu os gigantes terrestres não aconteceu. Conhecemos Arlo, seus pais, irmão e irmã, uma família de dinossauros fazendeiros. Enquanto seus pais e irmãos são hábeis em lidar com as tarefas domésticas, Arlo é medroso e inseguro. Porém, a partir do momento que ele conhece Spot, o filhote humano, sua vida e percepção do mundo que o rodeia se altera. A relação que os dois desenvolvem é construída na troca de conhecimentos, em aventuras que eles vivem, e na confiança que nasce da superação de momentos de perigo. E se por um lado podemos adivinhar que Arlo se tornará um dinossauro diferente, por outro é impossível prever quão emocionante é o filme.
Um dos detalhes que influencia a passagem dessa grande carga emocional é o fato de O Bom Dinossauro ser uma história contada a partir do ponto de vista de uma criança, pois Arlo tem apenas 11 anos, algo inédito para a Pixar.
02OBomDinossauro
Em outros filmes, mesmo aqueles com personagens infantis como protagonistas, o foco estava em outro lugar. Veja o exemplo de Divertida Mente, com a menina Riley e suas emoções. Outra característica determinante é o próprio personagem Spot. Além de uma personalidade cativante, ele é o humano da história que não se comporta como tal mas sim o bichinho de estimação do dinossauro. Então, é como se identificar com um semelhante que não só é um menininho de seis ou sete anos mas que interpreta o papel de algo a que nós devotamos amor! Spot é frágil, indefeso, não se comunica verbalmente e por isso nos conquista com tanta facilidade.
Mas se em algum momento você pensou que toda essa atmosfera é traduzida em um filme exclusivo para crianças, não se engane. Em uma determinada cena, por exemplo, Arlo e Spot se alimentam de frutas alucinógenas sem perceber, e os efeitos são hilários, quem sabe mais para o público adulto do que para o infantil.

Para os espectadores mais atentos, uma dica é prestar atenção nas nuvens das paisagens do filme, feitas em 3D pela primeira vez, pois normalmente elas eram colocadas depois dos efeitos especiais. O resultado, assim como toda a ilustração do filme, ficou ótimo. Mesmo porque, a equipe viajou em busca de paisagens que pudessem ser retratadas de uma forma parcialmente pré-histórica e o diretor, Peter Sohn, estreante nos longas metragens, já havia trabalhado com a Pixar no curta Parcialmente Nublado e em outros sucessos.
O Bom Dinossauro não vale só a pipoca e a entrada. É um filme inspirador que nos lembra a importância da família e das amizades e mostra como amar é fazer a vida daqueles que amamos feliz mesmo que não façamos parte dela.
04OBomDinossauro
Os laços feitos a partir dessa experiência são indestrutíveis, e podemos ter a certeza que são construídos desde a pré-história.
Nota:

[wpdevart_youtube]_3U9s9RUEZw[/wpdevart_youtube]

Você também pode gostar…

Quadro por Quadro